Main menu

RADSON - Diagnóstico por Imagem - Items filtered by date: Outubro 2015

  • Published in Radson

Câncer de mama

 Outubro Rosa: Fuja da estatística do câncer que mais cresce no mundo

 Dados que preocupam e que transformam o câncer de mama em uma das doenças que mais mata entre as mulheres.

 - De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a doença provoca 450 mil mortes anualmente em todo o mundo sendo a segunda causa de morte por câncer nos países desenvolvidos, atrás somente do câncer de pulmão, e a maior causa de morte por câncer nos países em desenvolvimento.

  - O Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima para 2014 e 2015, que sejam diagnosticados 57.120 novos casos de câncer de mama no Brasil com um risco estimado de 56,09 casos a cada 100 mil mulheres.  

- Estima-se que 30% dos casos da doença possam ser evitados quando são adotadas práticas saudáveis de vida e de prevenção. No RADSON, o auxílio para o diagnóstico da doença está aliado à tecnologia.  

Desde o início do ano, a unidade do RADSON Centro dispõe do único mamógrafo digital da região dos Vales do Rio Pardo e Taquari. O novo aparelho fornece um processo de imagem muito mais rápido que o convencional, com seu tempo de emissão do filme reduzida de três minutos (aparelho convencional) para cinco segundos com sua qualidade podendo ser ajustada instantaneamente, sem depender da paciente gerando resultados mais rápidos e precisos.

 É o RADSON aliado à tecnologia de ponta com a confiança de sempre. 

 __________________________

 Viva bem, viva mais.

 DICAS para se prevenir do câncer de mama:

 01 — Evite o excesso de peso

 A obesidade aumenta o risco de câncer de mama após a menopausa, quando a doença  ocorre com maior frequência. Tente manter um índice de massa corporal inferior a 25.

 02 — Tenha uma alimentação saudável 

Abrace uma dieta rica em vegetais e frutas e pobre em bebidas com açúcar, carboidratos refinados e alimentos gordurosos. Coma proteína magra, como peito de frango ou peixe e consuma carne vermelha com moderação. Coma mais grãos integrais.  

03 — Mantenha-se fisicamente ativo 

Pesquisas sugerem que o aumento da atividade física, mesmo quando iniciado mais tarde na vida, reduz o risco de câncer de mama de 10% a 30%. É preciso um exercício moderado e continuo para conseguir esse efeito protetor.  

04 — Beba pouco ou nenhum álcool 

O uso de álcool está associado ao aumento do risco de câncer de mama. As mulheres devem limitar a ingestão.  

05 — Evite a terapia de reposição hormonal 

A terapia de reposição hormonal aumenta o risco de câncer de mama. Se você deve tomar hormônios para controlar os sintomas da menopausa, evite aqueles que contêm progesterona e limite o uso a menos de três anos. Hormônios bioidênticos, cremes hormonais e géis não são mais seguros do que os hormônios da prescrição e também devem ser evitados.  

06 — Considere tomar um medicamento bloqueador de hormônios 

Mulheres com história familiar de câncer de mama ou que tenham mais de 60 anos devem conversar com seu médico sobre os prós e contras de drogas que bloqueiam hormônios como o tamoxifeno e o raloxifeno.  

07 — Não fume 

Estudos garantem que fumar a longo prazo aumenta o risco de câncer de mama em algumas mulheres. Busque ajuda para largar o vício se for necessário.  

08 — Amamente durante o maior tempo possível 

Mulheres que amamentam seus bebês por pelo menos um ano têm um risco reduzido de desenvolver câncer de mama mais tarde. 

09 – Conheça seu corpo 

A melhor época do mês para que a mulher que ainda menstrua avalie as próprias mamas para procurar alterações é alguns dias após a menstruação, quando as mamas estão menos ingurgitadas (inchadas). Nas mulheres que já estão na menopausa, este autoexame pode ser feito em qualquer época do mês.

 

Read more...